sábado, 20 de junho de 2009

A trilha


A Denise (minha orientadora) acaba de me lembrar que meu blog anda "entregue". Ao contrário da quietude dele, minha vida é puro movimento! Quietude e movimento fazem parte do mesmo momento de vida: trabalho, estudos, filha, marido, família... não necessariamente nessa ordem porque ordenar é pouco possível! É tudo ao mesmo tempo agora.

Minha vida, ultimamente, está tal qual meu modo de navegar: dois navegadores ao mesmo tempo para utilizar 2 contas de gmail ao mesmo tempo; várias abas abertas ao mesmo tempo; alguns textos no adobe acrobat abertos; e o word com meu projeto sendo constantemente reeditado. Um olho vigiando o orkut (meu campo de pesquisa) e outro vigiando Bady.

Acho que minhas teclas "alt+tab" vão ficar desgastadas rapidamente!

Mas, como ontem me sinalizou Ana (minha outra orientadora), as coisas estão andando!

Pelo menos, algumas escolhas já fiz (embora, ainda sofra com as perdas). Algumas bem arriscadas e, por isso mesmo, bastante instigantes: vou fazer uma autoetnografia.

Dei uma aquietada na alma e optei por entender o percurso teórico e metodológico da Zittoun em seus estudos sobre uso dos recursos simbólicos nas transições. Mas, como ainda existe um longo caminho pela frente e, felizmente, a vida é puro devir, tudo pode acontecer!!

O título atual do meu anteprojeto é "Significados de Maternidade em Narrativas sobre Amamentação numa Comunidade de Mães do Orkut". Acatei a sugestão da Denise.

Nessa semana que se finda hoje, fiz um curso sobre "feminismo e psicanálise" no PPGNEIM (Programa de Pós-graduação do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher). Vislumbrei a possibilidade de não abandonar totalmente o discurso psicanalítico na minha dissertação. Como estudar amamentação me traz constantemente a necessidade de se discutir questões comuns com o feminismo, quem sabe eu utilize esse diálogo para tratar das questões sobre os modelos de feminilidade e maternidade?

Bem, vou aproveitar esse feriadão de São João (ôba, eu estou na Bahia!!) pra descansar, ficar com Bady, preparar aula e elaborar meu delineamento metodológico.

Marido foi fazer São João dos outros, mas chega na segunda. Dará tempo de curtir o Pelourinho junino, comer pamanho e milho verde.

Nenhum comentário: