sábado, 24 de janeiro de 2009

Redes Sociais Online e Blogosfera Feminina

"Às vezes, vocês não se sentem um tanto indefinidos?"



Meu campo de estudo vai ser as comunidades do orkut . Eu não sei se vai ser possível, com o pouco tempo para se concluir o mestrado, cumprir um dos objetivos específico do meu anteprojeto que mais me instiga ultimamente que é entender como as novas mães negociam valores e significado em torno da maternidade nas comunidade virtuais na construção de suas identidades como mães. Eu ainda não sei elaborar direito a questão, mas, tentando explicar, é tentar entender de que forma o geral e o particular se articulam na construção da identidade mãe.

Como já me sinalizaram, é uma questão complexa e que precisa de muito fôlego, e tempo, para dar conta. De qualquer forma, tenho sentido necessidade de estudar a dinâmica das redes sociais online, a questão "discurso e identidade", a etnografia online e antropologia, além do que preciso por ser o norteamento teórico do grupo de pesquisa da minha orientadora que é a teoria do self dialógico e a psicologia cultural do desenvolvimento (bem, nem vou falar de todos os conceitos que preciso dissecar: self dialógico, I-position, agency, etc).

Ultimamente, estou bastante atraída pela questão das redes sociais online e a feminização do ciberespaço. Mas, estou me deparando, pra variar, com a dificuldade de filtrar, focar e organizar as leituras.

Preciso de um cronograma urgente!

Um comentário:

Héber Sales disse...

Siga o Quivy. Tudo começa com uma "pergunta de partida" e com a busca de pesquisa que já tentaram responder a essa pergunta. Ter tal pergunta na cabeça é inevitável para não se perder. Volte à ela todas as manhãs e refine-a se for preciso. Mas nunca a abandone.